Luiz Felipe Leprevost

Nascido em Curitiba, em 1979, Luiz Felipe Leprevost é Bacharel em Artes Cênicas pela CAL (Casa de Artes de Laranjeiras – RJ). Além de ator, também é escritor e desenvolve trabalhos na área musical. Escreveu e publicou os romances Dias Nublados (Arte & Letra, 2015) e E se contorce igual a um dragãozinho ferido (Arte & Letra, 2011), além dos livros de contos Inverno dentro dos tímpanos (Kafka Edições, 2008), Barras antipânico e barrinha de cereal (Editora Medusa, 2009), Manual de putz sem pesares (Editora Medusa, 2011) e Salvar os pássaros (Encrenca, 2013) e dos livros de poemas Ode mundana (Editora Medusa, 2006) e Tudo urge no meu estar tranquilo (Encrenca, 2017). De sua autoria, também foram encenadas as peças de teatro Hieronymus nas masmorras, O Butô do Mick Jagger, Na verdade não era e Pecinhas para uma tecnologia do afeto. Com Otavio Linhares, Frede e Thiago Tizzot idealizou e fundou o selo literário Encrenca - Literatura de Invenção.
Na música, seu trabalho autoral transita por parcerias com Alexandre Nero, Troy Rossilho, Eugênio Fim, Alexandre França, Octavio Camargo, entre outros. Uma dezena de canções de sua autoria fazem parte do repertório d'A Banda Mais Bonita da Cidade.
Como ator, inicia sua participação na Armazém Companhia de Teatro em 2017, no elenco de Hamlet, na versão de Paulo de Moraes para o clássico de Shakespeare.

Fotos